1 de jan de 2013

Ano Novo, vida nova



Sumi (de propósito) mas pretendo voltar. O resultado na balança foi DEPECIONANTE. Do dia que eu me liberei pras festas de fim de ano (dia 21/12) até esse exato momento, eu engordei mais ou menos 3 kgs. Não sei exatamente por que não tive coragem de ficar mais que 3 segundos em cima da balança.
Sim, 3 kgs em 8 dias... mas pelo tanto que eu comi achei até pouco. Juntou com um casamento que eu tinha pra ir dia 21, emendou com o Natal em família e terminou agora, nesse exato momento em que estou aqui digitando essas palavras me sentindo mais pesada que uma baleia orca. Minha barriga parece que vai explodir, e eu só animei entrar aqui depois de devorar meio pacote de bala Butter Toffees de chocolate. E claro, depois de ler essa frase inspiradora no tumblr 365 Sorrisos.

#036

Bebi cerveja pensando que o mundo fosse acabar, comi pensando que reeducação alimentar nunca havia sido inventado, e como era de se esperar, estou colhendo os frutos podres dessa orgia. E conversando com minha massagista no último dia de massagem (por que ela entrou de férias e só volta dia 14/01) eu abri o jogo pra ela: como que eu vou fazer reeducação alimentar sendo que nunca tive educação pra comer!! 

Mas não é bem assim né gente... que eu não encare como uma reeducação, mas como um estilo de vida pro resto dos meus dias nessa terra, preciso entrar nos eixos de novo. Se eu quiser manter meu peso (já nem tô cogitando mais pesar 65 por enquanto, voltar pros 68 tá bom por demais), tenho SIM QUE ME PRIVAR

Não é fácil, essa conversa toda de consciência, de reeducação, de blá blá blá, definitivamente pra mim não funciona. Não sei ser educada. Por exemplo no almoço de Natal na casa da minha avó tinha exatamente 5 tipos diferentes de sobremesa, e eu comi cada um deles. E repeti. Cadê educação ai gente, me digam??? 

Então pra mim tem que ser assim, radical, ou 8 ou 80. Não adianta aquela máxima de que eu posso comer de tudo um pouco... não consigo mesmo. Hoje no almoço de Ano Novo na casa da família do meu noivo eu acordei jurando pra mim mesma que não tomaria refrigerante... tomei 2 copos. 

Mas nem tudo foi merda nesses dias, na semana passada eu caminhei, corri e fui pro spinning. Não como eu tenho o costume de fazer, mas nos 5 dias me exercitei 3. Ontem, véspera de virada do ano, fui pra pista de cooper e caminhei e corri por 1:15 minutos. No fundo ainda existe um ser consciente nesse corpo roliço!

E para me inspirar vou postar uma última foto que tirei em Dezembro, usando um vestido tamanho 40 que eu tinha comprado em uma promoção e NUNCA tinha usado, a não ser pra uma seção de fotos, pois ele nunca me serviu.



Olhando pra mim eu lembro que amanhã é um novo dia, já é Ano Novo e eu não quero voltar a pesar 82 kgs. Bora correr (e muito) atrás do prejuízo. Dia 07/01 vai inaugurar uma academia nova aqui pertinho da minha casa, tipo 1 quarteirão, e eu não vou precisar atravessar a cidade 2 vezes por dia pra malhar, nem vou depender de carro. E eu vou esperar pra ir lá e fazer uma primeira aula antes de mudar de vez pera cá. 

Mas enquanto isso, pista de cooper, lá vou eu!!


Beijos com amor, entusiasmo e muita motivação!!

Kaká.

10 comentários:

  1. Iara Barros02/01/2013 11:00

    Li isso e lembrei na hora de copiar e colar aqui. Espero que goste.
    Olá,

    Seja bem-vindo à fase de consolidação

    Na consolidação, seu organismo e você mesmo, fizeram um esforço prolongado e aqui está a recompensa. Mas dois perigos estão à espreita: o excesso de zelo e o triunfalismo.

    O excesso de zelo: um medo excessivo de voltar a engordar pode impedir você de abrir sua alimentação aos alimentos que são necessários a partir de agora.

    O triunfalismo: o peso que você tem hoje, não lhe pertence. Ele é como um animal selvagem que busca fugir e esta fase de consolidação deve servir para que você o domestique.

    A fase de consolidação é um período de recuperação. Seu corpo perdeu aquele peso que carregava nas costas, mas sua tendência a engordar não apenas não diminuiu, como se multiplicou. Por quê? Porque seu organismo, vendo suas reservas serem consumidas, reduziu ao máximo os seus gastos (aquecimento, atividades físicas) e aumentou extremamente o proveito que tira dos alimentos. Você se encontra, então, numa fase de grande perigo: um período onde o seu corpo, se você permitir, funcionará como uma verdadeira esponja de calorias e qualquer excesso se converterá num ganho de peso imediato e brutal. É preciso que o tempo passe.

    Quanto tempo o corpo leva para se recuperar?

    Dez dias por quilo perdido: este é o tempo necessário para a consolidação do peso. Neste ponto, o peso não estará estabilizado, mas ele não será também ameaçador. Seu corpo já terá entendido que a dilapidação de suas reservas terminou.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem interessante viu Iara, estou sim sofrendo desse excesso de zelo sim, um medo desesperador de voltar a engordar!!
      Abç.

      Excluir
  2. Te desejo tudo de bom nesse ano que se inicia.
    Que você possa atingir todos os seus objetivosss!!!
    Ah, ta linda, viu?! =D

    Bjuuus Gy!

    http://abaixooconsumismo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gy kériii obrigada pelo carinho. Te desejo um 2013 nota 1000!
      Bjs

      Excluir
  3. Kaká, eu entendo que essa é uma fase difícil. Você perdeu bastante peso e agora estacionou. As forças pra seguir a dieta e dizer não às tentações vão diminuindo na mesma proporção que a perda de peso diminui. E essa fase foi cair logo no período de final de ano, onde tudo é comida. O trem tá feio pro seu lado mesmo! Mas vc não pode nem pensar em desistir!!! Não pode!! Sabe por que? Porque vc é uma das minhas inspirações! E eu ainda tenho uns 5 quilos a perder. Por isso trate mesmo de continuar a correr e fique longe dos doces!

    Estamos combinadas?

    Menina, eu não engordei no natal, engordei antes mesmo. Estou com 70 quilos. Me sentindo uma baleiona e muito triste por saber que se não tivesse abusado, poderia estar com uns 68 nesse momento. Domingo vou pra praia e confesso que estou desanimada demais por causa do meu corpo. Mas fazer o que? Amanhã vou acordar cedo pra correr e já consegui negar um copo de coca-cola hoje duas vezes.

    É difícil, mas a gente dá conta!
    Beijos!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Carolina ainda mais quando chega Natal e festas de fim de ano né, impossível resistir a tantas gostosuras. E ó, desistir jamais, esqueça... estaremos juntas ai nessa luta, pode contar comigo.
      E vai pra praia e esqueça desses quilinhos que são bem poucos, quando voltar pegue firme de novo. Ficar se privando por causa de pouca coisa é besteira. Eu comi pensando que o mundo fosse acabar, agora vou voltar pra rotina militar de novo. Eu realmente não consigo resistir sabe, então ja entendi que pra mim funciona assim: aeróbico 1 hora por dia 5 vezes na semana, e controlar o maximo que conseguir durante a semana, pra poder acompanhar meu noivo no chopp da sexta. Deu certo e vou continuar assim.
      Beijos e aproveite!!

      Excluir
  4. Bom diaaa!
    Fiquei conhecendo o seu blog através de outras colegas...
    Amei o seu cantinho... vc é simpática, alto astral e linda!!!
    Engordamos e esse é infelizmente o nosso mal, fazer o que só nos resta lutar contra a balança,
    mas força que nós vamos conseguir.
    Desejo que este Ano Novo possa ser marcado por conquistas, vitórias, paz, amor, prosperidade, fé, esperança, tolerância e bondade...
    Enfim, todos os melhores desejos, hoje e sempre!!
    Estamos juntas!
    Bjos
    Mel

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mel querida, que bom que gostou do blog e de mim, e obrigada pelo linda.
      E sim, agora é correr atrás do prejú e fechar a boca, por que a orgia foi grande, mas foi tão bom que nem vou me arrepender kkkkk!
      Que seu 2013 seja perfeito, e cheio de tudo que você sonha também!
      Beijinhos.

      Excluir
  5. Oi! td mundo passa por momentos assim, faz parte, acho que cansamos e queremos dar um tempo, faz parte, o importante é que ele passe e depois retornemos as nossas convicções!

    ResponderExcluir
  6. Adriane é verdade... a gente fica meio que esgotada de tanto comer saladinha com grelhado, e falar não pra tudo que é bom né!!
    Mas agora acabou as festas e as desculpas. Vamo que vamo!
    Bjsss

    ResponderExcluir