3 de ago de 2012

#Projeto Pense Magro: Dia 11/42




Tarefa 11
Diferencie fome, vontade e desejo incontrolável de comer.

Esta tarefa é a segunda mais difícil pra mim até agora, só perdeu para "comer devagar". Até por que comer depressa está diretamente ligado a comer descontroladamente. Para ser bem sincera, eu nunca senti fome na vida! Aquela fome de ficar tonta, bamba, ameaçar desmaiar... nunca! Já fiquei 4 dias sem comer nem beber nada, só no soro quando operei de apêndice, e não sentia fome (o soro alimenta) mas chorava de ansiedade por mastigar alguma coisa. Dormia e sonhava que estava comendo... ou seja meu cérebro não estava condicionado a diferenciar a fome da vontade de comer. Mas o livro tem frases de efeito, e eu acredito profundamente que meu cérebro faz o que eu desejo e mando, então vou seguir a regra abaixo quando "pensar" em comer:


Como você sabe quando está com fome de verdade?
Pense em três situações recentes nas quais tenha ocorrido o seguinte:
1) Você ficou sem comer por muito tempo e se sentiu bastante faminto. Aquela sensação de vazio, frequentemente acompanhada de ruídos no estômago era fome.
2) Você comeu uma boa refeição e ainda quis comer mais. Isso era vontade.
3) Você sentiu uma urgência muito forte de comer, que veio acompanhada de tensão e de uma desagradável sensação na boca, garganta e corpo. Isso era desejo.

Frase do livro Pense Magro:
"Eu sei que estou com fome, mas vou comer novamente dentro de algumas horas. Essa é uma chance de fortalecer meu músculo de resistência”


Nenhum comentário:

Postar um comentário